5 erros que o MEI não pode cometer

Muitos brasileiros inciam suas vidas como microempresários através do regime tributário MEI, Micro Empreendedor Individual. O modelo de empresa é ideal para quem deseja se formalizar e organizar seus lucros, impostos e oferecer serviços de melhor qualidade. Mas é importante ficar atento: alguns erros podem comprometer a integridade do seu CNPJ como MEI.

1-Não contrate mais de um funcionário por CNPJ MEI, o micro empreendedor individual pode contratar apenas um funcionário para atuar dentro deste tipo de regime. Todavia, muitos MEIs tentam burlar o sistema contratando empregados sem o devido registro formal. Não faça isso. Essa é uma das principais causas de cancelamento de CNPJ MEI e de severas multas trabalhistas aos pequenos empreendedores.

2-Informe corretamente o valor das suas receitas

Outro erro comum é a tentativa de burlar o sistema de cálculo de impostos, informando valores menores que os verdadeiros lucros como MEI. Isso pode gerar grandes dores de cabeça e o micro empreendedor poderá ter que dar satisfações à Receita Federal sobre sua verdadeira renda.

3-Se voce é MEI não abra mais de uma empresa, segundo a lei brasileira, é permitido apenas um CNPJ MEI por número de CPF. Ou seja, o micro empreendedor poderá ter vínculo apenas com uma empresa por vez.

4-Mantenha seus impostos em dia, outro erro comum é o atraso ou inadimplência de impostos do MEI. Caso o empreendedor não cumpra em dia com seus impostos ele poderá perder o direito de se enquadrar nesta categoria e até mesmo perder seu CNPJ.

5-Mantenha seu regime tributário de acordo com o seu faturamento, se sua empresa começa a crescer, atingindo novos clientes e novos mercados, talvez seja a hora de desapegar do modelo tributário MEI e abrir uma Micro Empresa formal.

Link:https://https://www.jornalcontabil.com.br/5-erros-que-o-mei-nao-pode-cometer/

Foto Reprodução:https://www.dicasmei.com.br/dicas/sobre-a-categoria-da-mei/formalizacao/o-que-e-mei.html

 

Leave A Comment