Entenda como funciona o aviso prévio

O desligamento de um funcionário precisa ser informado à parte interessada com, pelo menos, 30 dias de antecedência, o que é chamado de aviso prévio.

Isso ocorre para que tanto a empresa quanto o profissional tenham tempo para se preparar, seja substituindo o funcionário ou, no caso do profissional, buscando uma nova vaga de emprego.

Quando a opção de desligamento parte da empresa empregadora, ela escolherá se o empregado cumprirá o período trabalhando ou se o dispensará imediatamente e arcará com a multa.

Quando o desligamento parte do funcionário também caberá a empresa a decisão ou não do cumprimento do aviso.

Existem três possibilidades para o cumprimento do aviso prévio que são o aviso prévio trabalhado, aviso prévio indenizado e o aviso prévio cumprido em casa.

Caso a empresa não faça o pagamento do aviso prévio dentro do prazo estabelecido por lei, o colaborador tem o direito de receber o valor referente a um salário a mais junto ao montante do acerto, porém, em casos de demissões por justa causa a empresa não tem a obrigação de arcar com o aviso prévio.

Link:https://www.jornalcontabil.com.br/aviso-previo-entenda-como-funciona-e-os-tipos-de-aviso-previo-existentes/

Conteúdo Original:http://Xerpa

Foto Reprodução: https://portaldeauditoria.com.br/

 

 

 

Leave A Comment