Gestao Contabil

Gestão contábil: 4 ações que parecem boas, mas são ciladas

Não caia numa armadilha disfarçada de oportunidade: veja 4 erros que prejudicam a gestão contábil do seu negócio

Acertar sempre é impossível, mas insistir no erro pode levar à consequências que podem ser “areia demais” para a sua empresa, então, descubra os 4 erros da gestão contábil e evite problemas fatais o quanto antes!

Apesar das boas intenções, não é sempre que acertamos. Pois, infelizmente, nem sempre o que fazemos ou o que acontece é realmente o que queremos, mas precisamos trabalhar com o que temos, seja isso bom ou não.

Tendo isso em vista, precisamos ser sinceros com você: mesmo que você só queira o melhor para a sua empresa e tudo o que você faz é em prol do sucesso empresarial que tanto se deseja, talvez as suas ações podem estar desempenhando um papel controverso nisso.

Mesmo com boas intenções, você pode estar envenenando a gestão contábil do seu negócio!

Portanto, pensando nos empreendedores que, apesar de desejar o bem, podem estar seguindo por um caminho contrário, vamos revelar as 4 ações que você faz — ou está fazendo — que são verdadeiras armadilhas empresariais.

Então, fique conosco até o final deste artigo e descubra os maiores erros dos empreendedores ultimamente!

Boa leitura!

4 ações que você pode estar fazendo neste momento em relação a sua gestão contábil e são ciladas!

Antes de mais nada, não se culpe por não ser um “guru” da gestão contábil, afinal, todas as outras questões do seu empreendimento já exigem muito de você, e é impossível ser um especialista em cada necessidade do seu negócio.

Tendo isso em vista, você não é obrigado a ser um especialista contábil, contudo, precisa saber que existem certas medidas a serem tomadas, pois, apesar de não ser necessário ser um expert em tudo, existem algumas precauções que sempre devem ser recordadas.

Não ter uma contabilidade especializada ao seu favor

Sabemos que o seu negócio apresenta características únicas, as quais podem ser negligenciadas por alguém que não tenha domínio e familiaridade com a sua área de atuação.

Tendo isso em vista, se lhe for possível, é sempre melhor optar por uma contabilidade especializada, pois, além de saber das particularidades do seu empreendimento, terá toda a experiência de outras empresas do mesmo ramo para te guiar para o caminho certo.

Misturar assuntos (principalmente financeiros) pessoais e empresariais

Nunca — mas nunca mesmo — faça isso, e se já fez, corra contra o tempo para separar os assuntos e tratá-los de maneira individual.

Apesar de parecer drástico, é uma das atitudes mais “inocentes” mas que escondem um grande potencial para envenenar o seu negócio de dentro para fora, então, não subestime o impacto que misturar uma ou outra conta empresarial com as pessoais.

Não dar ouvidos ao seu contador

Já citamos a importância da contabilidade para a sua empresa, mas para além da gestão contábil, o seu contador está ali para te orientar e te dar embasamento para as suas estratégias serem certeiras.

Contudo, é necessário lembrar que, antes de qualquer coisa, você precisa ouvi-lo e usar o conhecimento que ele dispõe para trilhar o melhor caminho para a sua empresa.

Não fazer uma análise periódica do seu empreendimento com dados em mãos

Para que a gestão contábil seja possível em primeiro lugar, você precisa estar sempre atento ao que acontece no seu empreendimento, e isso simplesmente não é possível se você não fizer análises periódicas.

Portanto, nunca deixe de lado a importância de realizar as análises, mas não se esqueça de ter os dados da sua empresa em mãos, dessa forma, você terá conhecimento o suficiente para encontrar possibilidades de melhora que estejam ao seu alcance.

E então, gostou do conteúdo de hoje? Nós esperamos que ele tenha sido útil para você!

Se precisar de ajuda com a gestão contábil do seu empreendimento, basta nos chamar apertando o botão verde que aparece no canto inferior direito da sua tela e falar com um especialista!

Estamos esperando!

Leave A Comment