conciliação bancária

Conciliação Bancária: Por Que Seu Comércio Precisa Desse Hábito?

Por que você está literalmente jogando dinheiro fora se não fizer da conciliação bancária um hábito para o seu comércio?

Se você não sabe o que é a conciliação bancária e por que ela já devia ser rotina no seu comércio, é melhor conferir este artigo até o final para impedir que o seu dinheiro seja jogado fora!

Antes de mais nada, não é necessário sentir-se culpado por não saber ou ao menos ter ciência de exatamente tudo o que se passa no seu comércio, afinal de contas, antes de empreendedor, você é humano, e empreender é uma tarefa que dificilmente é executada bem sozinho.

Portanto, é necessário aceitar que existirão aspectos do seu negócio que passarão despercebidos por você, e é necessário ter confiança em seus colaboradores para que tudo seja executado da melhor forma possível mesmo sem a sua vigilância.

Contudo, nem tudo pode “passar batido”, pois existem fatores que, se negligenciados, causarão um impacto negativo no seu lucro ao final do mês.

Portanto, para que o seu comércio esteja com mais uma camada de blindagem para possíveis perdas de dinheiro, vamos falar sobre como a conciliação bancária pode ser uma excelente ferramenta para conferir se a teoria e a prática do que acontece no seu negócio estão alinhadas — ou não e porquê.

E então, vamos lá? Boa leitura!

O que é a conciliação bancária?

A conciliação bancária é um dos diversos aspectos administrativos de um comércio, que consiste em, basicamente, uma conferência entre as transações monetárias que foram registradas e previstas em relação à realidade do seu caixa.

Dessa forma, é possível conferir se os cálculos feitos a partir dos documentos e comprovantes de pagamento fazem jus aos valores presentes na conta do seu empreendimento, o que pode tanto confirmar que as avaliações estão corretas ou, também, apontar alguma irregularidade.

Por que fazer a conciliação bancária é muito mais do que necessário para qualquer comércio?

Como citamos, a conciliação bancária é um processo administrativo que visa a conferência dos comprovantes e documentos fiscais em relação ao saldo da conta jurídica do seu comércio, portanto, ele é uma ferramenta especialmente crítica para sua gestão.

Afinal, apesar de o desejável seja a compatibilidade exata desses dois lados, se houver qualquer tipo de desfalque, esse será o primeiro “sinal vermelho” que você receberá, que pode indicar um desvio monetário ou até falhas nos procedimentos de documentação de transações — lembrando que desde a compra de uma bala até uma máquina, tudo precisa ser registrado e reportado para não gerar discrepância entre o que é documentado e o valor no banco.

Tempo literalmente é dinheiro agora!

Por fim, como citamos, realizar a conciliação bancária é um processo que visa garantir a segurança das suas finanças e, também, dar ainda mais certeza de qual a fonte e o destino do seu dinheiro.

Sendo assim, para realizá-lo com o máximo de eficiência, busque o auxílio de um profissional contábil para elaborar corretamente esse relatório e indicar possíveis melhorias e até melhores aplicações para o seu dinheiro!

E se precisar de ajuda, não hesite em falar com um dos profissionais da Kapcon!

Basta clicar no botão verde que aparece no canto inferior da sua tela e falar com um especialista!

Leave A Comment